Nota da Animar sobre a suspensão de novas aprovações do QREN

"A decisão governamental, agora divulgada, agrava de forma muito preocupante a difícil sustentabilidade das ADL, profundamente ameaçada pela fragilização da economia, pela retração dos serviços públicos, pelo esgotamento dos recursos locais e pelo empobrecimento das populações. Isto, num momento em que a ação das ADL se constitui, mais do que nunca, como uma imperativa necessidade para a proteção e organização das comunidades locais, na defesa e promoção de condições dignas de vida...

A ANIMAR, em representação dos seus associados, e em nome das comunidades locais, exige a conclusão das avaliações de todas as candidaturas em curso no âmbito dos vários programas do QREN, o imediato descongelamento dos financiamentos já atribuídos, mas entretanto suspensos e a recalendarização dos prazos para novas candidaturas, de acordo com as expetativas criadas e com as linhas estratégicas há muito definidas."

(Excerto do Documento, com versão integral em PDF)