3 perguntas a Catarina Marcelino (Diário do Alentejo, 5/5/2017)

O roteiro Cidadania em Portugal, que teve início no passado dia 24 de outubro – Dia Municipal para a Igualdade, e que percorrerá todo o País até 30 de julho, tem vindo a visitar, desde terça-feira e até sábado, as regiões do Alentejo Litoral e Baixo Alentejo, nomeadamente os concelhos de Santiago do Cacém, Sines, Alvito e Grândola. Quais os objetivos desta iniciativa?
Criámos este projeto com o objetivo de colocar a comunidade a pensar e a discutir os temas da cidadania. Desde a discriminação racial, passando pela violência doméstica ou a violência no namoro, o bullying ou a igualdade de género, são vários os assuntos que propomos para reflexão nas escolas e nas associações locais. Neste momento a carrinha percorreu já 175 locais, num total de 248 atividades. Tem sido uma experiência muito enriquecedora quer para os participantes, quer para nós que promovemos a iniciativa, uma vez que nos ajuda a perceber, no terreno, as reais preocupações das comunidades.

Com que apoios conta este roteiro?
O roteiro é uma parceria do Governo e da Associação Portuguesa para o Desenvolvimento Local (Animar) que, em cada uma das localidades por onde passa, conta com o apoio das autarquias e de outras entidades locais. A rede de parcerias envolve ainda organismos da administração pública, organizações da economia social e solidária e outras entidades, tais como a Associação dos Cegos e Amblíopes de Portugal, Federação Portuguesa de Surdos, Rede de Universidades Seniores, Fundação Maria Rosa/ComParte, Rede Ex Aequo, Observatório para a Liberdade Religiosa e Acessível Êxito, entre outras.

Quais as atividades e temas contemplados, nos concelhos referidos, durante esta ação?
Durante esta semana, para além das várias ações de sensibilização, com recurso a metodologias interativas, de modo a promover uma reflexão sobre cidadania ativa e igualdade de género, em Sines, Alvito e Grândola, realizaram-se workshops sobre igualdade no trabalho e emprego, em Santiago do Cacém. Para sábado, dia 6, está prevista uma caminhada denominada “Trilhos para a cidadania e a igualdade”, em Azinheira dos Barros, Grândola.

José Serrano