Crianças visitaram a carrinha do Roteiro da Cidadania, (VerdadeiroOlhar.pt, 28/7/2017)

Crianças visitaram a carrinha do Roteiro da Cidadania e debateram questões de cidadania e igualdade de género, direitos e oportunidades

Esta quarta-feira, dia 28, a Praça José Guilherme e a Biblioteca Municipal de Paredes foram palco de uma iniciativa que procura debater questões de cidadania, mostrando exemplos de boas práticas. O evento "Cidadania Activa, Saúde e Qualidade de Vida e Participação Juvenil", insere-se no Roteiro da Cidadania e começou, esta manhã, com 65 crianças da Academia de Estudo Solar da Educação.

Iniciativa abrange todas as idades "desde os 4 aos 94 anos"

A ideia surgiu da ANIMAR (Associação Portuguesa para o Desenvolvimento Local), em parceria com a Secretaria de Estado para a Cidadania e a Igualdade, por acreditarem que "não há desenvolvimento das comunidades sem a participação de todas as pessoas e sem a igualdade de oportunidades".

Têm vindo a percorrer o país desde 2010. Iniciam as actividades, desde aí, no Dia Internacional da Igualdade, a 24 de Outubro, e terminam no fim de Junho. Este ano, devido à adesão de mais concelhos (começaram por 85 municípios e já incluem 167), alargaram as iniciativas até ao final do mês de Julho.

Paredes foi um dos que aderiu. Deste modo, em parceria com a APPIS - Associação Paredes pela Inclusão Social, a Câmara Municipal de Paredes promoveu este evento que tem como objectivo "debater questões de cidadania e igualdade de género, direitos e oportunidades", explicaram Vanda Godinho e Sandra Silvestre, animadoras da actividade.

A idade não importa já que "somos todos cidadãos", explica Sandra Silvestre. "Desde os 4 aos 94", o que realmente querem é "convidar grupos de todas as idades a parar, a pensar e a debater, em conjunto, sobre diferentes temas", acrescentou.

Alexandra Teixeira, da APPIS, acha "importante que as crianças e a comunidade em geral participem neste tipo de iniciativas", por isso, ao longo do dia, estava prevista a passagem de utentes da Santa Casa da Misericórdia de Paredes, da Associação de Paredes pela Inclusão Social, da Sabios (uma academia de estudos) e da Casa do Povo de Bitarães, como forma de abranger todas as classes etárias.

De manhã, as iniciativas incidiram sobretudo em temáticas como os direitos, a cidadania, a participação na política, questões do ambiente, igualdade entre as mulheres e os homens, diversidade cultural e a não descriminação. Para isso, foi lançado o desafio, às crianças, após a visualização do vídeo "Política também é coisa de criança", para que fizessem propostas aos candidatos às eleições autárquicas, de forma a perceberem que fazem parte da democracia local.

"As ideias foram transversais em diversas áreas, não só naquilo que lhes afecta directamente como o direito de brincar, de terem parques e algumas questões da escola como a higiene e a necessidade de terem mais funcionários, já que são coisas que ouvem e sentem no dia-a-dia, mas também de terem castelos e princesas", esclareceu Alexandra Teixeira.

Débora Soares

http://verdadeiroolhar.pt/2017/06/28/criancas-visitaram-carrinha-do-roteiro-da-cidadania/