Mitigação do Despovoamento Através da Revitalização dos Sistemas Agro-Silvo-Pastoris no Interior de Portugal

O projeto tem como área de intervenção os territórios do interior na Região Centro, onde se regista um decréscimo significativo da população residente, e que é acompanhado do abandono da atividade agrícola. 

O resultado é o envelhecimento da população e a ocupação das áreas agrícolas por espécies florestais de rápido crescimento ou mato/floresta desordenada que potenciam a ameaça causada pelos incêndios florestais, bem como a perda de biodiversidade e o acréscimo de desequilíbrios ambientais associados.

Com este projeto pretende-se encontrar formas de promover a revitalização dos sistemas agro-silvo-pastoris que durante muito tempo fizeram parte das dinâmicas e paisagens rurais destes territórios, de modo a tornar as explorações agrícolas do interior mais diversificadas, resilientes, rentáveis e sustentáveis, valorizando concomitantemente os seus impactos positivos ao nível económico, ambiental e social.

OBJETIVOS
Identificar os fatores que propiciam o despovoamento e o abandono da atividade agrícola, em particular nos territórios do interior da região centro de Portugal, de modo a identificar medidas que permitam desenvolver sistemas agro-silvo-pastoris sustentáveis capazes de revitalizar as zonas em risco.

PARCEIROS
ADRL - Associação de Desenvolvimento Rural de Lafões
ADACB - Associação dos Agricultores de Castelo Branco
ADAG - Associação Distrital dos Agricultores da Guarda
Animar - Associação Portuguesa para o Desenvolvimento Local
CNA - Confederação Nacional da Agricultura
FIAN Portugal - Associação Portuguesa para a Defesa e Promoção do Direito Humano à Alimentação e Nutrição Adequadas
IPV - Instituto Politécnico de Viseu