Vinho de Talha - Inovar a Tradição

15/12/2020 |
Vinho de Talha - Inovar a Tradição

Promovido pela Rota do Guadiana - Associação de Desenvolvimento Integrado, a Câmara Municipal de Moura e a Junta de Freguesia da Amareleja realizou-se no dia 12 de dezembro de 2020, a Conferência Vinho da Talha - Inovar a Tradição.

Esta conferência teve como objetivo dar a conhecer um produto local de elevada qualidade, que encontra na vila da Amareleja (concelho de Moura) condições e saberes especiais para a sua produção e comercialização. A realização da conferência foi também uma forma de marcar a Feira da Vinha e do Vinho, que este ano não se pode realizar nos seus moldes tradicionais. O evento contou com intervenções especializadas bem como com a tradicional Abertura da Talha.

A sessão de abertura esteve a cargo do Presidente da Câmara Municipal de Moura - Álvaro Azedo, do Presidente da Junta de Freguesia da Amareleja – Joaquim Ferreira e do Presidente da Rota do Guadiana- ADI- David Machado.

Destaque para as intervenções:
- Vinho da Talha na sub-região da Granja Amareleja, por Nuno de Oliveira Garcia da Revista Grandes Escolhas.
A produção de vinho concilia, de forma harmoniosa, a tradição do vinho de talha, feito na região há cerca de dois mil anos, com a inovação tecnológica das adegas contemporâneas, onde o aço inox, o frio, as barricas, a automação e a informática são a norma geral. Este bem patrimonial e cultural que sobrevive na Margem Esquerda do Guadiana, na vila da Amareleja, chega atualmente aos Estados Unidos e ao Canadá.

- Produção do Vinho de Talha em Amarela, de Ana Pereira produtora em Talha Pezgada, que referiu uma afeição por toda esta prática, herança familiar, que está na origem da marca Talha Pezgada, inspirado no revestimento das talhas que utilizam, que é uma mistura de pez louro e cera de abelha.

- Produção de Vinho da talha e sua Comercialização - David Morgado e Tiago Massena, Produtor e Enólogo da adega Marel.
Inspirados pelas práticas ancestrais da cultura da vinha, procuram preservar as vinhas velhas e castas locais, valorizando o vinho de talha como património identitário desta região, com orgulho e respeito pela terra e pelo que ela oferece.

- Produção de Vinho da Talha e Gastronomia Regional - José Piteira- Produtor e Enólogo em Amareleza Vinhos, encerrou a conferência com a abertura de uma Talha.

Carolina Barrocas
Dinamizadora Regional Alentejo Algarve
Amareleja, 12 de dezembro de 2020