A agricultura portuguesa e a reforma da PAC - desafios para o periodo após 2020

A agricultura portuguesa e a reforma da PAC - desafios para o periodo após 2020

Autores/as

Francisco Avilez

Sinopse

"O principal desafio com que a agricultura portuguesa irá ser confrontada na próxima década será o de contribuir, de forma robusta e sustentada, para o crescimento do valor acrescentado gerado pelo sector agroalimentar nacional em condições economicamente viáveis, ambientalmente sustentáveis e territorialmente equilibradas.

Editora

AGRO.GES

Sobre

Para que este desafio possa vir a ser ultrapassado com sucesso vai ser indispensável a criação de condições político-institucionais e técnico-económicas capazes de:
- promover a produtividade económica dos sistemas agrícolas capazes de vir a competir no contexto de mercados cada vez mais alargados e concorrenciais e de uma procura crescentemente exigente do ponto de vista ambiental, de segurança alimentar e do bem-estar animal;
- assegurar a viabilidade económica dos sistemas de ocupação e uso dos solos que, não tendo condições para produzir de forma competitiva, sejam capazes de contribuir para a sustentabilidade ambiental e a coesão económica e social das zonas rurais;
- incentivar a inovação e a internacionalização das atividades de produção, transformação e distribuição de bens agroalimentares orientados para a valorização da produção nacional.

As propostas recentemente apresentadas pela Comissão Europeia (CE) para a Política Agrícola Comum (PAC) pós-2020 constituem, em minha opinião, um enquadramento relativamente favorável para que se torne possível a criação das condições necessárias à concretização dos objetivos em causa."

(in Introdução)

Data de edição

Janeiro, 2019

N.º de páginas

10

Suporte/Formato

Publicação

Um recurso da entidade

AGRO-GES
Cascais

Classificado em

AgriculturaDesenvolvimento Rural