Recursos

Sobre Economia Social e Solidária
31 recursos encontrados

Agricultura
Economia Social e Solidária

A estratégia Do Prado ao Prato (Farm to Fork) é uma das iniciativas do Pacto Ecológico Europeu anunciado pela Presidente da Comissão Europeia, Ursula von der Leyen, que visa criar uma cadeia de valor alimentar sustentável através de um conjunto de ações a implementar nos próximos anos.

 

Parlamento Europeu
Lisboa
Economia Social e Solidária
Direito

Proposta de lei de bases para a Economia Social e Solidária na Catalunha, da autoria da Asamblea General Extraordinaria de la Red de Economía Solidaria de Catalunya, realizada em Outubro de 2020.

Edição de autor
Montemor-o-Novo
Legislação Portuguesa
Economia Social e Solidária

We hope that this manual will provide you with ideas, inspiration and practical help to explore human rights with children. Living among other people in their families, communities and society, children become aware from a very early age of questions related to justice and seek for the meaning of the world.

Conselho da Europa
Strasbourg
Economia Social e Solidária
Migrações, Diversidade Cultural e Interculturalidade

O COMPASS foi publicado pela primeira vez em 2002 no âmbito do Programa de Educação para os Direitos Humanos com jovens da Direção da Juventude e do Desporto do Conselho da Europa. O programa foi criado porque a Educação para os Direitos Humanos – ou seja, as atividades e os programas educativos que promovem a igualdade na dignidade humana – é de um valor incalculável para a formação de uma dimensão europeia de cidadania democrática para todos os e todas as jovens, bem como para a promoção de uma cultura de Direitos Humanos universais.

Conselho da Europa
Strasbourg
Legislação Portuguesa
Economia Social e Solidária

Relembrando as seguintes recomendações do Comité dos Ministros aos Estados-membros do Conselho da Europa: Recomendação Rec(2002)5 sobre a protecção das mulheres contra a violência, a Recomendação CM/Rec(2007)17 sobre as normas e mecanismos de igualdade entre géneros, a Recomendação CM/Rec(2010)10 sobre o papel de mulheres e homens na prevenção e resolução de conflitos e na construção da paz e outras recomendações relevantes.

Conselho da Europa
Strasbourg
Economia Social e Solidária
Migrações, Diversidade Cultural e Interculturalidade

O tráfico de seres humanos viola os direitos e destrói as vidas de inúmeras pessoas na Europa e fora dela. Cada vez mais mulheres, homens e crianças são comprados e vendidos como mercadorias, além-fronteiras ou no seu próprio país e submetidos a exploração e abusos.

Conselho da Europa
Strasbourg
Legislação Portuguesa
Economia Social e Solidária

Considerando que a finalidade do Conselho da Europa é realizar uma união mais estreita entre os seus Membros e que um dos meios de alcançar esta finalidade é a protecção e o desenvolvimento dos direitos do homem e das liberdades fundamentais.

Conselho da Europa
Strasbourg
Economia Social e Solidária
Doutrinários/Políticos e Estratégicos

Esta publicação, pensada para cursos à distância de pós-gradução, define os conceitos básicos do que é a Economia Solidária.

Instituto Federal de Santa Catarina
Lisboa
Economia Social e Solidária
Publicações Animar
Associação Portuguesa para o Desenvolvimento Local
Lisboa

Actas do Encontro Nacional do Desenvolvimento Local - - Afirmar o Terceiro Sector, Promover a Inovação, realizado em 27 de Novembro de 2007, no ISCTE


 

Economia Social e Solidária
Cooperação para o Desenvolvimento

Este guia pretende ser um instrumento de trabalho e de consulta, útil a quem intervém e/ou investiga nas áreas da Cooperação para o Desenvolvimento, Educação para o Desenvolvimento e Ajuda Humanitária e de Emergência, assim como a quem deseja saber mais sobre estas áreas e sobre as ONGD portuguesas.

Plataforma Portuguesa das ONGD
Lisboa
Legislação Portuguesa
Economia Social e Solidária

O presente Guia pretende ser um instrumento que lhe permita, enquanto utilizador da Internet, conhecer os seus direitos humanos em linha, as possíveis limitações dos mesmos e as vias para obter uma reparação por tais limitações.

Conselho da Europa
Strasbourg
Economia Social e Solidária
Intervenção Comunitária

A 1 de janeiro de 2016 entrou em vigor a resolução da Organização das Nações Unidas (ONU) intitulada “Transformar o nosso mundo: Agenda 2030 de Desenvolvimento Sustentável”, constituída por 17 objetivos, desdobrados em 169 metas, que foi aprovada pelos líderes mundiais, a 25 de setembro de 2015, numa cimeira memorável na sede da ONU, em Nova Iorque (EUA). “Os 17 

UNRIC - Centro Regional de Informação das Nações Unidas
Bruxelas
Legislação Portuguesa
Economia Social e Solidária

O objectivo deste Guia é descrever os alimentos incluídos na Nova Roda, cujo tema é “Coma bem, viva melhor” permitindo uma melhor compreensão desta e o aprofundamento de algumas noções básicas.

Direção-Geral do Consumidor
Lisboa
Economia Social e Solidária
Igualdade de Género

Esta publicação reúne contributos de mulheres e homens que participaram de formas diversas nos percursos realizados: como representantes de organizações parceiras e codinamizadoras ou dinamizadores dos workshops; como facilitadoras (parcerias transnacionais) no processo de reflexão das equipas do projeto e de dinamização; como participantes nos workshops; como avaliadoras externas ou ainda como membros da equipa do projeto.

Economia Social e Solidária
Igualdade de Género

O projeto Literacia para a Igualdade de Género e Qualidade de Vida: Lideranças Partilhadas, desenvolvido entre março de 2010 e março de 2012, teve como finalidade mobilizar a sociedade civil no empoderamento de comunidades, introduzindo a perspetiva da igualdade de género na abordagem ao desenvolvimento e à qualidade de vida das populações

Património
Cultura

O Município de Almada contribui para esse Presente, trabalhando para “a construção de um Plano Municipal para a Igualdade de Género que se mostre capaz de contribuir de forma efetiva para a construção de um concelho onde a igualdade na diversidade seja cada vez mais uma realidade.”

Câmara Municipal de Almada
Almada
Legislação Portuguesa
Economia Social e Solidária

O discurso de ódio deve ser entendido como abrangendo todas as formas de expressão que espalham, incitam, promovem ou justificam o ódio racial, xenofobia, antissemitismo, ou outras formas de ódio baseadas na intolerância, incluindo: a intolerância manifesta por nacionalismo agressivo e etnocentrismo, discriminação e hostilidade contra minorias, migrantes e pessoas de origem imigrante.

Conselho da Europa
Strasbourg