Recursos

Publicação / Educação e Metodologias Participativas
35 recursos encontrados

Juventude
Direitos Humanos

Um dos grandes desafios do século XXI é assegurar o desenvolvimento económico, o emprego e o crescimento sustentável.

United Nations International Children's Emergency Fund
Lisboa
Juventude
Direitos Humanos

O relatório “As Crianças e a Crise em Portugal” tem como objectivo fazer um retrato aprofundado e actualizado sobre a infância em Portugal em período de crise. Apesar de se reconhecer o impacto dramático que a crise económica está a ter nas crianças e nas suas famílias, pouco se sabe sobre a situação real das mesmas e nada é dito sobre o que poderia ser feito para proteger os direitos e interesses das crianças no presente e no futuro próximo.

United Nations International Children's Emergency Fund
Lisboa
Educação e Metodologias Participativas

No dia 12 de abril, e tendo como cenário o belíssimo Convento de S. Francisco, Santarém teve o privilégio de ser palco do Encontro Nacional Extraordinário da Rede Territorial Portuguesa das Cidades Educadoras, sob a égide “ O Valor da Cidadania”, no qual 70 autarcas e técnicos de 33 Municípios se fizeram representar

Rede Territorial Portuguesa das Cidades Educadoras
Lisboa
Educação e Metodologias Participativas

Com a celebração da primeira edição do Dia Internacional da Cidade Educadora, é intenção das cidades educadoras tornar visível o seu compromisso com a educação enquanto ferramenta política de transformação social e, por isso, gostaríamos de convidar as cidades e governos locais de todo o mundo a juntarem‑se a este apaixonante repto de construir cidades cada dia um pouco mais educadoras, e, dessa forma, mais justas, solidárias e inclusivas.

Rede Territorial Portuguesa das Cidades Educadoras
Lisboa
Educação e Metodologias Participativas

Ponta Delgada teve a honra de organizar o Encontro Nacional Rede Territorial Portuguesa das Cidades Educadoras (RTPCE) decorrido a 4 novembro de 2016, no Salão Nobre do Teatro Micaelense, e que contou com a participação de 75 autarcas, dirigentes e técnicos, representando 33 municípios do Continente, Açores e Madeira, reafirmando, com esta organização o seu comprometimento com a RTPCE e a Associação Internacional das Cidades Educadoras (AICE) que integra desde julho de 2015.

Rede Territorial Portuguesa das Cidades Educadoras
Lisboa
Educação e Metodologias Participativas

No dia 27de janeiro, Paredes acolheu o Encontro Nacional das Cidades Educadoras. Estiveram presentes 40 municípios de norte a sul do continen‑ te e ainda Funchal e Ponta Delgada.

Rede Territorial Portuguesa das Cidades Educadoras
Lisboa
Educação e Metodologias Participativas

Num tempo já distante, a escola e a família completavam‑se na missão de educar. Hoje, o caminho educacional sólido só se constrói com vários agentes, meios e espaços numa dialética de unidade permanente.

Rede Territorial Portuguesa das Cidades Educadoras
Lisboa
Juventude
Cidadania e Participação

Iniciar uma viagem pedagógica nos dias de hoje, é, na nossa perspetiva, afirmar que vamos viajar por contextos inóspitos onde somos confrontados/as com uma tripla crise à escala planetária: a ambiental, a social e a cultural.

Fundação Gonçalo da Silveira- Transformação e Justiça Social
Lisboa
Intervenção Comunitária
Igualdade de Género

Este catálogo deve-se à generosidade dos autores e autoras que nos vêm inquietar trazendo-nos a voz muda e o corpo mutilado de mulheres cujas vidas permacem reprimidas, silenciadas e menorizadas numa teia de fios que relações de poder assimétricas aprisionam a uma condição de infra-humanidade.

CooLabora, CRL - Intervenção Social
Covilhã
Legislação Portuguesa
Economia Social e Solidária

We hope that this manual will provide you with ideas, inspiration and practical help to explore human rights with children. Living among other people in their families, communities and society, children become aware from a very early age of questions related to justice and seek for the meaning of the world.

Conselho da Europa
Strasbourg
Economia Social e Solidária
Migrações, Diversidade Cultural e Interculturalidade

O COMPASS foi publicado pela primeira vez em 2002 no âmbito do Programa de Educação para os Direitos Humanos com jovens da Direção da Juventude e do Desporto do Conselho da Europa. O programa foi criado porque a Educação para os Direitos Humanos – ou seja, as atividades e os programas educativos que promovem a igualdade na dignidade humana – é de um valor incalculável para a formação de uma dimensão europeia de cidadania democrática para todos os e todas as jovens, bem como para a promoção de uma cultura de Direitos Humanos universais.

Conselho da Europa
Strasbourg
Juventude
Direitos Humanos

Os teus direitos dizem respeito ao que podes fazer, e ao que as pessoas responsáveis por ti devem fazer para que sejas feliz, saudável e te sintas seguro.

United Nations International Children's Emergency Fund
Lisboa
Juventude
Direitos Humanos

Perante esta realidade, o conceito “Cidades Amigas das Crianças”, lançado pela UNICEF em 1996, surge com o objectivo de colocar “as crianças em primeiro lugar” tanto no mundo em desenvolvimento como no mundo industrializado, em contexto rural ou urbano. À semelhança do que acontece em muitos países de todos os continentes a iniciativa “Cidades Amigas das Crianças” que o Comité Português para a UNICEF pretende promover em Portugal, tem como objectivo contribuir para a aplicação dos direitos da criança no contexto mais próximo da sua vida quotidiana – o município.

United Nations International Children's Emergency Fund
Lisboa
Legislação Portuguesa
Economia Social e Solidária

Relembrando as seguintes recomendações do Comité dos Ministros aos Estados-membros do Conselho da Europa: Recomendação Rec(2002)5 sobre a protecção das mulheres contra a violência, a Recomendação CM/Rec(2007)17 sobre as normas e mecanismos de igualdade entre géneros, a Recomendação CM/Rec(2010)10 sobre o papel de mulheres e homens na prevenção e resolução de conflitos e na construção da paz e outras recomendações relevantes.

Conselho da Europa
Strasbourg
Economia Social e Solidária
Migrações, Diversidade Cultural e Interculturalidade

O tráfico de seres humanos viola os direitos e destrói as vidas de inúmeras pessoas na Europa e fora dela. Cada vez mais mulheres, homens e crianças são comprados e vendidos como mercadorias, além-fronteiras ou no seu próprio país e submetidos a exploração e abusos.

Conselho da Europa
Strasbourg
Legislação Portuguesa
Economia Social e Solidária

Considerando que a finalidade do Conselho da Europa é realizar uma união mais estreita entre os seus Membros e que um dos meios de alcançar esta finalidade é a protecção e o desenvolvimento dos direitos do homem e das liberdades fundamentais.

Conselho da Europa
Strasbourg
Juventude
Direitos Humanos

Considerando que, em conformidade com os princípios proclamados pela Carta das Nações Unidas, o reconhecimento da dignidade inerente a todos os membros da família humana e dos seus direitos iguais e inalienáveis constitui o fundamento da liberdade, da justiça e da paz no mundo.

United Nations International Children's Emergency Fund
Lisboa
Juventude
Cidadania e Participação

O Dia Escolar da Paz e da Não-violência foi fundado no ano 1964 pelo poeta e educador espanhol Llorenç Vidal. A data não foi escolhida ao acaso, mas assinala o dia (30 de Janeiro de 1948) do assassinato de um dos maiores defensores da paz, da não-violência, da justiça e da tolerância entre os povos: Mahatma Gandhi.

Fundação Gonçalo da Silveira- Transformação e Justiça Social
Lisboa