Recursos

Sobre Migrações, Diversidade Cultural e Interculturalidade
60 recursos encontrados

Migrações, Diversidade Cultural e Interculturalidade

As migrações de pessoas e povos fazem, há longo tempo, parte da nossa história. Portugal é hoje, de forma cada vez mais visível, um lugar de encontro, onde vivem e se cruzam pessoas com uma grande diversidade de experiências e de histórias. No nosso quotidiano, o contacto com outros modos de vida, outros valores e crenças coloca desafios e questões, nem sempre de fácil resolução. Comportamentos e formas de estar que parecem naturais e espontâneos são, por vezes, interpretados de maneiras muito diversas, causando estranheza, desconfiança e, por vezes, hostilidade. Neste quadro de comunicação alargada que é o nosso, ‘lidar com a diferença’ significa em primeiro lugar olhar as pessoas naquilo que elas são, não as fechando numa imagem mais ou menos estereotipada da(s) cultura(s). Ou seja, a multiculturalidade é, desde sempre, parte integrante da vida em sociedade, diz respeito a todos nós, aos de longe e aos de perto, que a um tempo somos iguais e diferentes.

Em qualquer circunstância, aprender a comunicar é fundamental e requer de cada um disponibilidade para se conhecer melhor e se relacionar com os outros sem ‘pré-conceitos’. Só comunicando é que é possível esclarecermos equívocos, compreendermos e aceitarmos quadros de referência diferentes. As sugestões contidas neste ‘guia’ não são a receita para resolver todos os problemas. São, antes de mais, algumas ‘dicas’, que podem ajudar a fazer a diferença no nosso dia a dia de cidadãos, mães e pais, profissionais.... Coisas simples para lembrar que todos temos a ganhar se conseguirmos ver as pessoas por detrás dos ‘rótulos’, criando empatia e integrando nas nossas práticas do dia a dia maneiras de agir que promovam o entendimento, a interculturalidade e a igualdade. Estas ideias são apenas algumas das inúmeras possibilidades, que cada um poderá recriar e adaptar à sua realidade, refletindo sobre a sua própria experiência e contribuindo para fazer de Portugal um país que acolhe e celebra a diversidade e onde todos encontram um lugar.

ACM - Alto Comissariado para Migrações
Lisboa
Migrações, Diversidade Cultural e Interculturalidade
Direitos Humanos

Lidar com a diferença significa em primeiro lugar olhar as pessoas naquilo que elas são, não as fechando numa imagem mais ou menos estereotipada da(s) cultura(s). Ou seja, a multiculturalidade é, desde sempre, parte integrante da vida em sociedade, diz respeito a todos nós, aos de longe e aos de perto, que a um tempo somos iguais e diferentes.

Alto Comissariado para a Imigração e Diálogo Intercultural
Lisboa
Migrações, Diversidade Cultural e Interculturalidade

Esta brochura é para os pais e as mães imigrantes cujos filhos têm 6 anos e vão entrar na escola. A escola é uma esperança para todos os pais. Queremos que os nossos filhos aprendam, tenham sucesso e sejam felizes; esperamos que a escola ajude a família no trabalho tão importante que é a educação dos seus filhos.

ACM - Alto Comissariado para Migrações
Lisboa
Migrações, Diversidade Cultural e Interculturalidade

Este caderno destina-se às famílias de etnia cigana que vão pôr os filhos na escola pela primeira vez. Reconhecemos que esta decisão é muito difícil e queremos dar-lhes o apoio de que formos capazes.

ACM - Alto Comissariado para Migrações
Lisboa
Migrações, Diversidade Cultural e Interculturalidade
Igualdade de Género

A Felpa é uma ursa, mas não é uma ursa qualquer. Viveu e cresceu em todo o mundo, junto de muitas famílias que sempre a acolheram com carinho. Com o tempo, foi aumentando de tamanho. Cada família deixou a sua marca em Felpa, até que, finalmente, aconteceu uma coisa incrível...

Fundação Gonçalo da Silveira- Transformação e Justiça Social
Lisboa
Feminismo
Migrações, Diversidade Cultural e Interculturalidade

"A violência contra as mulheres e a determinação do estatuto de refugiada incide na interação entre os conceitos da violência praticada contra as mulheres, ou seja, a denominada violência de género, e a determinação do estatuto de refugiada. A presente dissertação pretende demonstrar que atualmente, metade da população mundial de refugiados é constituída por mulheres e raparigas, sendo que entre os refugiados, as mulheres representam o grupo de maior vulnerabilidade.

Faculdade de Direito – Universidade Nova de Lisboa
Lisboa
Migrações, Diversidade Cultural e Interculturalidade

As mudanças na sociedade implicam novos e constantes desafios para as escolas, nomeadamente no que diz respeito à procura de respostas para todos os alunos, em particular para aqueles que estão mais vulneráveis a um baixo desempenho, ao abandono escolar e, consequentemente, à marginalização.

ACM - Alto Comissariado para Migrações
Lisboa
Migrações, Diversidade Cultural e Interculturalidade

Era uma vez uma cidade pintada de cinzento.

As casas eram cinzentas, os jardins eram cinzentos, cinzentos eram os carros e os caminhos também. Na cidade, tudo existia pintado da cor cinzenta... até as pessoas.

Um dia, porém, chegou à cidade cor de cinza uma família muito diferente de todas as que ali viviam. 

ACM - Alto Comissariado para Migrações
Lisboa
Migrações, Diversidade Cultural e Interculturalidade

O princípio da compaixão está no cerne de todas as tradições religiosas, éticas e espirituais, convidando-nos permanentemente a tratar todos os outros como gostaríamos de ser tratados. A compaixão impele-nos a trabalhar incansavelmente a fim de aliviar o sofrimento do nosso próximo, a abdicarmos de ser o centro do nosso mundo e a colocar lá o Outro, e a honrar a santidade inviolável de cada ser humano, tratando todos, sem excepção, com absoluta justiça, equidade e respeito.

ACM - Alto Comissariado para Migrações
Lisboa
Migrações, Diversidade Cultural e Interculturalidade

A acção articulada entre a Escola e a Família é uma realidade que estudiosos da educação e educadores são unânimes em reconhecer imprescindível, pesem embora as dificuldades em concretizá-la, tendo em vista o êxito do percurso educativo das crianças, dos adolescentes e dos jovens situados nas etapas do actual sistema educativo correspondentes à educação pré-escolar e aos níveis dos ensinos básico e secundário da educação escolar.

ACM - Alto Comissariado para Migrações
Lisboa
Legislação Portuguesa
Economia Social e Solidária

We hope that this manual will provide you with ideas, inspiration and practical help to explore human rights with children. Living among other people in their families, communities and society, children become aware from a very early age of questions related to justice and seek for the meaning of the world.

Conselho da Europa
Strasbourg
Economia Social e Solidária
Migrações, Diversidade Cultural e Interculturalidade

O COMPASS foi publicado pela primeira vez em 2002 no âmbito do Programa de Educação para os Direitos Humanos com jovens da Direção da Juventude e do Desporto do Conselho da Europa. O programa foi criado porque a Educação para os Direitos Humanos – ou seja, as atividades e os programas educativos que promovem a igualdade na dignidade humana – é de um valor incalculável para a formação de uma dimensão europeia de cidadania democrática para todos os e todas as jovens, bem como para a promoção de uma cultura de Direitos Humanos universais.

Conselho da Europa
Strasbourg
Migrações, Diversidade Cultural e Interculturalidade

O projeto Aprender e Cooperar na Diversidade, promovido pelo Alto-Comissariado para a Imigração e Diálogo Intercultural (ACIDI), teve como um dos objetivos “a disseminação dos fundamentos de uma aprendizagem intercultural e inclusiva, através da concretização da formação (Oficinas/módulos) de professores, educadores e outros agentes da comunidade educativa, no sentido de capacitá-los para uma abordagem contextualizada do trabalho com a diversidade, tendo em vista a equidade em educação”.

ACM - Alto Comissariado para Migrações
Lisboa
Legislação Portuguesa
Economia Social e Solidária

Relembrando as seguintes recomendações do Comité dos Ministros aos Estados-membros do Conselho da Europa: Recomendação Rec(2002)5 sobre a protecção das mulheres contra a violência, a Recomendação CM/Rec(2007)17 sobre as normas e mecanismos de igualdade entre géneros, a Recomendação CM/Rec(2010)10 sobre o papel de mulheres e homens na prevenção e resolução de conflitos e na construção da paz e outras recomendações relevantes.

Conselho da Europa
Strasbourg
Economia Social e Solidária
Migrações, Diversidade Cultural e Interculturalidade

O tráfico de seres humanos viola os direitos e destrói as vidas de inúmeras pessoas na Europa e fora dela. Cada vez mais mulheres, homens e crianças são comprados e vendidos como mercadorias, além-fronteiras ou no seu próprio país e submetidos a exploração e abusos.

Conselho da Europa
Strasbourg
Legislação Portuguesa
Economia Social e Solidária

Considerando que a finalidade do Conselho da Europa é realizar uma união mais estreita entre os seus Membros e que um dos meios de alcançar esta finalidade é a protecção e o desenvolvimento dos direitos do homem e das liberdades fundamentais.

Conselho da Europa
Strasbourg
Migrações, Diversidade Cultural e Interculturalidade

Este módulo de formação, elaborado pela Dr.ª Isabel Cochito e publicado pelo núcleo do Secretariado Entreculturas presente no Alto Comissariado para os Imigrantes e Minorias Étnicas, é um texto certamente alicerçado em sólidas bases teóricas mas sobretudo resultante da experiência da acção dos mais de treze anos de vida daquele Secretariado, nos quais sobressaem o tempo de preparação e de execução do Projecto de Educação Intercultural (1993-1997) e os anos em que as lições desse projecto foram reflectidas, avaliadas e disseminadas, como de resto nele se previa

ACM - Alto Comissariado para Migrações
Lisboa