header mobile

Economia Social debatida em outubro - O I Congresso dedicado a este tema decorrerá no Museu de Imprensa (JM, 13/7/2018)

0 5

Votação deste artigo: 0 Votos

O I Congresso de Economia Social da RAM, subordinado ao tema Sustentabilidade, Inovação e Empreendedorismo Social, realiza-se nos dias 16 e 17 de outubro, no Museu de Imprensa da Madeira, em Câmara de Lobos.

Esta iniciativa resulta de urna parceria entre a Câmara Municipal de Câmara de Lobos e a ALPES - Associação de Investigação e Promoção da Economia Social e conta com a participação de especialistas nacionais.

"Estão previstos ao longo do quadriénio 2017-2021 diversos eventos para a reflexão e partilha de boas práticas de intervenção social, pelo que é da maior importância a parceria com a ALPES, uma associação de direito privado sem fins lucrativos, que tem por objetivo acrescentar valor à Economia Social através de uma estrutura de apoio ao 3º setor, sendo esta uma oportunidade de consensualização de objetivos e otimização de recursos", sublinha Vanessa Azevedo, vereadora com o pelouro da intervenção social.

Esta iniciativa pretende assim, de acordo com as entidades organizadoras, "consolidar os fundamentos e a identidade da Economia Social enquanto estratégia e política para o desenvolvimento económico local, de forma sustentável, e encontrar os melhores caminhos para uma maior dinamização da Economia Social na RAM, contribuindo para as novas referências sociais e económicas, através da reflexão científica e da partilha de boas práticas".

Ao longo dos dois dias serão abordados diversos temas, distribuídos por quatro painéis: Economia Social e Solidária - Desafios e Oportunidades; Sustentabilidade da Economia Social; Estado, Parcerias e Coesão Social e Inovação e Empreendedorismo Social.

De acordo com o programa provisório, para o primeiro dia estão previstas intervenções de José António Pereirinha, professor de Economia da Universidade Técnica de Lisboa; Rogério Roque Amaro, coordenador de Economia e Globalização no CEI-IUL - Centro de Estudos Internacionais, do ISCTE - Instituto Universitário de Lisboa; Américo Mendes, coordenador da ATES - Área Transversal da Economia Social, da Universidade Católica do Porto; Paula Guimarães, diretora da Fundação Montepio, e Marisa Nóbrega, presidente da direção da ALPES. Estão previstos também testemunhos da Adenorma - Associação de Desenvolvimento da Costa Norte e de Henrique Amoedo, diretor artístico da Associação de Amigos de Arte Inclusiva - Dançando com a Diferença.

O segundo dia deverá contar, entre os intervenientes, com a participação de Rita Calçada Pires, docente da Universidade Nova de Lisboa e coordenadora do grupo de pesquisa Inovação social em finanças públicas, tributação e segurança social; Marco Domingues, presidente da direção da ANIMAR - Associação Portuguesa para o Desenvolvimento Local; Leonel Correia da Silva, chefe de gabinete na Câmara Municipal de Câmara de Lobos; Eduardo Graça, presidente da direção da CASES - Cooperativa António Sérgio para a Economia Social; Afonso Fontoura, gestor de projetos do IES - Social Business School; Carlota Quintão, presidente da direção da A3S - Associação para o Empreendedorismo Social e a Sustentabilidade do Terceiro Setor, e Margarida Pinto Correia, diretora de inovação social da Fundação EDP.

No segundo e último dia tem inicio, por volta das 18h00, o acolhimento do I Bootcamp Empreendorismo Social, também promovido pela Câmara Municipal de Câmara de Lobos, conforme o JM noticiou recente. Trata-se de um curso intensivo, de dois dias, destinado a profissionais da área social, desempregados que tenham uma ideia na área do social, entre outros cidadãos interessados neste tema. As inscrições decorrem até meados deste mês, junto da Divisão de Desenvolvimento Social da autarquia câmara-lobense.

Iolanda Chaves

 

Recomendamos

Financiado Por

financiadores02financiadores03financiadores04

Redes e Parcerias

Parceiro1 CasesParceiro2 RipessParceiro3 CNESParceiro4 ComunaCarta Portuguesa para a Diversidade