header mobile

Barcelos debate a não discriminação e a igualdade (Correio do Minho, 25/11/2018)

0 5

Votação deste artigo: 0 Votos

Barcelos Mais Igual, Igualdade, Cidadania, Parcerias e Desenvolvimento, é o tema da Semana para a Igualdade e a Não Discriminação, que o município de Barcelos promove entre segunda e sexta-feira, em vários espaços camarários.

O ponto alto do programa acontece no dia 30 (sexta-feira), com o Hastear da Bandeira Cidade Educadora, que remete para o primeiro princípio das cidades educadoras, que é Construir uma cidade que cumpre o direito à igualdade.

A Semana para a Igualdade e a não Discriminação começa com a sensibilização de rua no âmbito da Celebração do Dia Internacional pela Eliminação da Violência Contra as Mulheres por vários locais da cidade. Os temas Igualdade de Género no Poder Local e a Conciliação da Vida Pessoal, Familiar e Profissional são debatidos e dirigidos aos técnicos do Município, que enquanto Cidade Educadora procuram assumir um compromisso com a inclusão social e a diversidade cultural, tendo como objectivo permanente o enriquecimento da vida dos seus cidadãos.

Para além destas acções, na Semana para a Igualdade e a não Discriminação, está prevista a abertura de um espaço para a igualdade, a funcionar no Gabinete de Coesão Social da Câmara Municipal de Barcelos, a apresentação do Plano Municipal para a Igualdade, o reforço das parcerias com os parceiros-chave que trabalham esta temática no terreno, com projectos apoiados pelo Município (GASC e SOPRO), a continuidade de políticas que promovam a igualdade e a continuação de integração de pessoas mais vulneráveis.

Na área da Igualdade e não Discriminação, a Câmara Municipal tem vindo a implementar diferentes projectos, nomeadamente: a criação do Projecto Piloto de Mediador Municipal; o projecto Conta Mais (combate ao estigma da comunidade cigana, dando importância à condição da mulher); a assinatura, em 2014, do protocolo de cooperação entre a Comissão para a Cidade e Igualdade de Género e o Município de Barcelos; a candidatura, em 2016, no âmbito do Programa ESCOLHAS 6G, Projecto Galo@rtis entre outras acções de sensibilização; a adesão, no ano passado, do Município de Barcelos e da Rede Social ao Roteiro para a Igualdade promovido pela Associação ANIMAR em parceria com a Comissão para a Cidadania e Igualdade de Género, com a intermediação da CIM Cávado; o interesse, manifestado este ano, na adesão do Município à Rede de Municípios Solidários; o projecto da Casa Abrigo1, desde 2005 (esta resposta é promovida pelo Grupo Ação Social Cristã - GASC); o apoio do Município de Barcelos ao Projecto SOPRO FEMININO, promovido pela associação SOPRO.

 

Recomendamos

Financiado Por

financiadores02financiadores03financiadores04

Redes e Parcerias

Parceiro1 CasesParceiro2 RipessParceiro3 CNESParceiro4 ComunaCarta Portuguesa para a Diversidade