header mobile

Vez e Voz DEZEMBRO 2011

Votação deste artigo: 0 Votos
 

VVcapa2011SUMÁRIO

EDITORIAL
1 Novos desafios
Carlos Ribeiro

MERCADO DE TRABALHO
4 Que papel na estruturação do funcionamento do mercado de trabalho em Portugal?
António José Almeida

ENTRVISTA
15 “O caminho nunca está todo percorrido”
Américo Mendes

REDE ANIMAR 2011
20 As parcerias territoriais e o Dia Municipal para a Igualdade
Célia Lavado
26 Rede Capacitar Tâmega
Augusta Vieira
32 A democracia participativa nas organizações de economia social
Carlos Ribeiro
38 Capacitando organizações no interior do país...
Cristina Santos Pinto
39 O sujeito aprende a pensar fazendo
Maria Sebastiana Romana
42 Proposta de reflexão
Helena Correia
43 Certificar, qualificar e animar o Desenvolvimento Local
Xana Batista
45 Desafios do acompanhamento a projectos de Economia Solidária
Ana Quintela, Tânia Gaspar e Carlos Ribeiro
51 CLDS - Animar o Bairro
Gisela Rovisco Romão e Vânia Gaspar
55 Cooperação transnacional – Consultoria enriquecedora
Célia Lavado

MANIFesta’11
60 A Assembleia, Feira e Festa em tempos de crise
António Barata

64 REGISTO

 

EDITORIAL
Novos desafios

O número 99 encerra e abre simultaneamente uma nova etapa da Revista Vez e Voz. Esta edição apresenta uma publicação reformulada na estrutura, na imagem e nos conteúdos essenciais. Estas alterações obedecem a uma estratégia de abertura da revista a abordagens mais práticas e mais dinâmicas das acções envolvendo a Rede Animar sem deixar de contemplar artigos orientados para um maior aprofundamento temático, nomeadamente os que se relacionam directamente com o Desenvolvimento Local.

Neste número são abordadas questões centrais relacionadas com o emprego, a empregabilidade e a economia social e solidária e são apresentados testemunhos de actores directos de programas e acções nos quais a Rede Animar esteve profundamente envolvida ao longo do ano de 2011.

Recuperam-se experiências e situações vividas na intervenção social, na cooperação entre parceiros e na realização de eventos e de iniciativas com relevância para as pessoas e os territórios.

Das matérias e acções referenciadas existem traços comuns e convergentes: uma nova valorização da igualdade de género, no plano interno e externo; uma significativa incursão nos temas da economia solidária, relacionando projectos com princípios e valores específicos e um sentido prático para a democracia participativa, no caso apresentado, nas organizações da economia social.

Destes relatos e abordagens práticas podem e devem emergir novas reflexões sobre o potencial concreto das estratégias de desenvolvimento local sabendo-as apoiadas por experiências e projectos-piloto que fornecem recomendações no sentido de uma forte renovação das economias locais e suscitam novas relações de poder em favor de uma melhor governança do bem comum a todos os níveis da sociedade.

Quero agradecer a todo(a)s o(a)s que colaboraram com os seus artigos e reflexões neste número da Vez e Voz. Agradeço também as generosas autorizações de publicação de artigo científico e de entrevista que muito enriquecem esta Vez e Voz renovada.

O(a)s técnico(a)s da Animar ligado(a)s aos projectos, o(a)s consultores, formadores e coordenadores de redes demonstraram o seu empenhamento na espinhosa tarefa de escrever e de testemunhar, revelando uma aposta e um comprometimento com a Revista Vez e Voz, para hoje e para o futuro.

Carlos Ribeiro
Coordenador da Revista Vez e Voz

 

Recomendamos

Redes e Parcerias

Parceiro1 CasesParceiro2 RipessParceiro3 CNESParceiro4 ComunaCarta Portuguesa para a Diversidade

Financiado Por

financiadores01financiadores02financiadores03financiadores04