header mobile

Vez e Voz 2016

0 5

Votação deste artigo: 0 Votos

capa-VV-2016-copyEDITORIAL
Criar sinergias
Marco Domingues

MICROCRÉDITO/EMPREGO/ EMPREENDEDORISMO
6 Empreendedorismo inclusivo - a CRESAÇOR e o microcrédito nos Açores
CRESAÇOR

ENTREVISTA
16 “Como gerar processos de autonomia se quem valida é o centro?”
Víctor Andrade

COOPERAÇÃO NA DIVERSIDADE
20 Notas sobre a necessidade de melhor organização interna e de maior reconhecimento público do sector cívico e solidário em Portugal
Alberto Melo
23 Agir na diversidade - As parcerias e o trabalho em rede como ferramentas de cooperação na intervenção social
Rogério Cação
29 A Economia Social e a sua diversidade terminológica
Joaquim Pequicho
36 A diversidade como alicerce da cooperação
Ana Cláudia Albergaria
41 Cooperação e sustentabilidade
José Alberto Pitacas / Jorge de Sá

CIDADANIA EM PORTUGAL
46 Parar, pensar, agir
Equipa do Roteiro Cidadania em Portugal

IV FÓRUM DO INTERIOR
51 Que soluções para o rural?
António Barata

XI MANIFESTA - DESENVOLVIMENTO NA DIVERSIDADE
56 Construindo pontes
António Barata

REGISTO
63 Desenvolvimento na Diversidade para a Sustentabilidade - XI Assembleia MANIFesta

EDITORIAL
Criar sinergias

Cooperar na diversidade é o tema central do n.º 5 (3ª Série) da revista Vez e Voz, que se apresenta com um conjunto de textos que reforçam a necessidade de uma nova e mais convergente cooperação. Cooperar é em si mesmo uma junção de esforços na procura de um maior impacto, que se consolida na partilha de iniciativas e posições solidificadas em estratégias comuns.

O ADN da Animar caracteriza-se pela diversidade de organizações, interesses, contextos e agentes de desenvolvimento. Este ADN determina o seu modelo de ação, uma ação em rede, concertada, que procura o reforço da convergência que eleve os interesses comuns através de um modelo de desenvolvimento que se constrói com as comunidades, nos seus territórios, e se afirma nas suas propostas, fundamentando-se em experiências validadas pelos agentes de desenvolvimento local.

A Animar é assim, naturalmente, uma rede sem nós e sem fronteiras, uma rede que se reafirmou na XI MANIFesta em Vila Nova de Gaia; que debateu o desenvolvimento no IV Fórum do Interior, em Portalegre; e que tem percorrido o território nacional com o Roteiro Cidadania em Portugal. Iniciativa esta lançada na comemoração do Dia Municipal para a Igualdade, tornada possível com a extraordinária cooperação entre a administração central e a Animar e uma intensa parceria com a Secretária de Estado para a Cidadania e Igualdade, Catarina Marcelino.

Esta edição da revista Vez e Voz reúne um conjunto de textos de várias organizações parceiras, designadamente APCEP, FENACERCI, CONFECOOP, EAPN - Porto e CIRIEC, e contribui para um dos grandes intentos da Animar: a gestão da diversidade tendo em vista uma cooperação mais eficiente e eficaz, procurando com as famílias da economia social e solidária uma voz mais concertada e coerente entre os seus princípios e as suas ações. E também, com as várias organizações, fóruns, redes da sociedade civil e suas iniciativas – partilhadas nas suas lideranças e nas suas ambições –, mobilizar as comunidades e assim contribuir para novas e renovadas políticas públicas promotoras do bem estar social.

Marco Domingues
Presidente da Animar

 

Recomendamos

Financiado Por

financiadores02financiadores03financiadores04

Redes e Parcerias

Parceiro1 CasesParceiro2 RipessParceiro3 CNESParceiro4 ComunaCarta Portuguesa para a Diversidade