header mobile

ATLAS ganha dimensão nacional

Votação deste artigo: 1 Votos

Por deliberação da AG de 27 de Dezembro de 2016, a AtlasCoop vai passar a ter expressão nacional através da representação e intervenção em diferentes territórios.

Neste momento estamos representados nos seguintes locais:
- Porto (Paranhos) sede nacional (através de espaço próprio adquirido por negociação particular com o FITEI , CRL) e Porto (Centro Histórico) através do CFP - Centro de Formação Profissional;
- Braga (S. Vitor) através de uma Delegação Regional e Polo de Formação Profissional;
- Viana do Castelo (Santa Maria Maior) através de uma Delegação Regional (o Pólo de Formação de Darque passou para o centro da cidade) as actividades correntes e representação institucional está a cargo da Delegada Regional Eunice Brito, desde o passado dia 13 de Fevereiro de 2017;
- Bragança (IPDJ) já está nomeada uma Delegada Regional - Fátima Bento. Já temos espaço de trabalho para a Delegação Regional no edifício do IPDJ. Os próximos passos são a Assembleia Regional e a abertura de um Gabinete Técnico;
- Coimbra (S. António dos Olivais) - já possuímos espaço no centro de Coimbra. Já temos a Delegada Regional - Cláudia Pires. Os próximos passos são a Assembleia Regional e a criação do Gabinete Técnico;
- Lisboa (Benfica) - Já temos Delegada Regional - Fátima Castro Coutinho. Estamos a ultimar a criação de um Gabinete Técnico. Já realizamos em parceria com a CASES, a UniNorte e o Montepio a nossa primeira actividade na capital - um Seminário Técnico sobre Microcrédito e que contou com a participação de quatro associadas colectivas da Animar;
- Faro (IPDJ) -Já temos espaço de trabalho cedido pelo IPDJ - Faro. Já identificamos uma delegada regional - Kátia Travassos. Falta realizar a assembleia regional, nomear a Delegada e criar o Gabinete Técnico.

Todas as actividades em falta deverão estar concluídas até ao fim do mês de Maio de 2017. Está ainda em aberto a Atlas possuir um representante institucional em Vila Nova de Foz Côa. Este Delegado irá fazer a ligação com associações e cooperativas dos dois lados da fronteira. Concluído todo este processo a Atlas terminará o ano de 2017 como Cooperativa com expressão nacional através de um processo de regionalização e de intervenção nos respectivos territórios. Estima-se que o número de membros individuais da cooperativa cresça para mais (30 a 50 pessoas).

O futuro é Cooperativo!

M. Solla

 

Redes e Parcerias

Parceiro1 CasesParceiro2 RipessParceiro3 CNESParceiro4 ComunaCarta Portuguesa para a Diversidade

Financiado Por

financiadores01financiadores02financiadores03financiadores04