header mobile
  • Início
  • Noticias
  • Destaques
  • Animar defende a criação de novas parcerias público-sociais e de uma politica de educação para o Desenvolvimento Local e para a Economia Social e Solidária

Animar defende a criação de novas parcerias público-sociais e de uma politica de educação para o Desenvolvimento Local e para a Economia Social e Solidária

Votação deste artigo: 0 Votos
 

Na reunião plenária do CNES com o governo, a Animar defendeu a criação de instrumentos concretos de reforço e suporte às parcerias público-sociais.

 

No dia 22 de setembro de 2017 decorreu no ISCTE uma reunião plenária do Conselho Nacional para a Economia Social (CNES) com o Governo.

Considerando que o final do presente quadro comunitário se aproxima, o Governo está a reunir com os parceiros sociais no sentido de auscultar as suas preocupações para a elaboração de um diagnóstico da situação portuguesa, contextualizar o debate sobre o futuro da Política de Coesão e criar uma estratégia nacional para Portugal e para a Política de Coesão pós 2020.

A Animar, enquanto membro do CNES, apresentou um conjunto de preocupações tendo em vista o reconhecimento do modelo de Desenvolvimento Local, a criação de instrumentos concretos de reforço e suporte às parcerias público-sociais de forma equitativa e a simplificação e a desburocratização administrativa ao nível dos programas de apoio.

A Animar deixou um conjunto de propostas ao Governo, manifestando a disponibilidade da sua REDE para uma cooperação mais efetiva, assente em lógicas de parcerias público-sociais, na implementação e monitorização de políticas promotoras do Desenvolvimento Local.

Redes e Parcerias

Parceiro1 CasesParceiro2 RipessParceiro3 CNESParceiro4 ComunaCarta Portuguesa para a Diversidade

Financiado Por

financiadores01financiadores02financiadores03financiadores04