Dia Internacional do Voluntariado | CASES | 5 de dezembro

05/12/2022 |
Dia Internacional do Voluntariado | CASES | 5 de dezembro

 

A ANIMAR fez-se representar na sessão que a CASES organizou para celebrar o Dia Internacional das pessoas voluntárias, homens e mulheres, que um pouco por todo o país procuram fazer a diferença, na promoção de um futuro mais solidário e inclusivo.

 

O Dia Internacional dos/as Voluntários/as, usualmente designado Dia Internacional do Voluntariado, foi instituído pela Assembleia Geral das Nações Unidas (ONU), em 1985 e celebra-se a 5 de dezembro.

Nesta data é globalmente enaltecido o papel incontornável que os voluntários e voluntárias desempenham na promoção, através dos seus contributos altruístas, de valores como a solidariedade e a coesão social, respeitando a diversidade, a igualdade e a participação de todas e todos.

A sessão teve lugar na Culturgest, em Lisboa, em formato streaming, e contou com a presença da Senhora Ministra do Trabalho, Solidariedade e Segurança Social, Ana Mendes Godinho, dos mais altos dirigentes da CASES e algumas entidades parceiras, nomeadamente a Rede de Voluntariado no Ensino Superior, a Confederação Portuguesa de Voluntariado, Transforma Portugal, a ANAFRE e a Pista Mágica.

Foram momentos altos desta sessão uma referência, por parte do Presidente da CASES, Eduardo Graça, ao respeito pela autonomia das organizações que trabalham o voluntariado, procurando a CASES incentivar parcerias abertas, marcadas pelo respeito mútuo, e criar mecanismos que facilitem o trabalho de voluntariado, como é o caso da Plataforma Portugal Voluntário assim como a criação de linhas de financiamento para apoio de despesas de seguro das pessoas voluntárias.

Conheça melhor a plataforma Portugal Voluntário https://youtu.be/SPitLLIYy0Y

www.portugalvoluntario.pt

A Ministra do Trabalho, Solidariedade e Segurança Social destacou o facto da pandemia ter trazido muitas lições na dimensão de respostas rápidas encetadas pelas organizações da sociedade civil. A mobilização da sociedade civil, 7000 voluntários/as, para responder à pandemia e que estiveram ao serviço foi facto destacado porque “ninguém se salva sozinho”.

Foi ainda destacado pela Ministra que a pandemia trouxe muitas lições do ponto de vista dos valores que nos unem. Destacou ainda as doze entidades de ensino superior que se mobilizaram para serem parceiras de pessoas voluntárias, valorizando isso nos seus currícula e que receberam um selo de reconhecimento na sessão de Academia Voluntária.


Organizações de ensino superior distinguidas com o Selo de Reconhecimento Academia Voluntária.

A sessão contou ainda com a apresentação do estudo encetado pela CASES “Voluntários/as em tempo de pandemia – Caracterização das disponibilidades para o Voluntariado em contexto Covid-19, cujo conteúdo poderá ser acedido pelo seguinte QR Code.


Mesa Redonda Voluntariado nas organizações. Vantagens, Desafios e Soluções.

Foi ainda anunciado pela Vice Presidente da CASES, Carla Ventura, o lançamento do Galardão Autarquias Voluntárias. Este galardão é alargado ao voluntariado de base local, onde as autarquias têm um papel fundamental de apoio.

IMAGENS