Prémio Europeu de Economia Social de 2021

30/07/2021 |
Prémio Europeu de Economia Social de 2021

A Social Economy Europe (SEE), em cooperação com os seus membros e parceiros, tem o orgulho de apresentar a primeira edição dos European Social Economy Awards. Este evento deve ser repetido a cada dois anos.

Os European Social Economy Awards 2021 reconhecerão as empresas e organizações de economia social que apoiam e enriquecem as comunidades, contribuindo para a sociedade no combate a alguns dos maiores desafios sociais, ambientais, económicos e tecnológicos da atualidade. Os prémios visam aumentar a visibilidade da economia social, em toda a sua diversidade e nos vários sectores e países, com abordagem europeia (incluindo países parceiros dos Balcãs Ocidentais, Parceria Oriental, Turquia, Mediterrâneo Meridional e Federação Russa). Os prémios também servirão de inspiração para outros atores da economia social, autoridades públicas e cidadãos que desejam tornar-se empreendedores, ativistas e agentes de mudança. Estes prémios de economia social terão três categorias:

• Inovação Social: Inclui organizações que trabalham para a inclusão de pessoas em risco de exclusão social, pessoas com deficiência, migrantes, pessoas afastadas do mercado de trabalho; e / ou organizações que prestam serviços sociais inovadores de interesse geral e soluções para questões sociais.
• Transição Verde: Para organizações que trabalham por uma Transição Verde e Justa, ao mesmo tempo que defendem os valores da economia social. Isso pode incluir energia renovável, habitação, mobilidade sustentável, economia circular, gestão da água, produção sustentável de alimentos, educação ambiental e ecológica e ativismo, entre muitas outras áreas.
• Digitalização e Competências: Para organizações que trabalham na qualificação e requalificação de trabalhadores da economia social, potenciais empreendedores, estudantes, etc. Esta categoria também abrange iniciativas de economia social que operam na economia digital ou com um foco importante na inovação tecnológica.

As candidaturas para cada uma destas três categorias podem ser apresentadas aqui antes do prazo limite, que é segunda-feira, 6 de setembro, às 14h00 CEST.

Um júri formado por especialistas em economia social, investigadores, decisores políticos e representantes de instituições da UE selecionará dois finalistas para cada categoria. Um membro de cada organização selecionada como finalista será convidado para a cerimónia de 12 de outubro na Eslovénia, no âmbito da Presidência Eslovena do Conselho.