Roteiro Animar Turismo de Base Local – Visita a Vila do Bispo | 28 novembro 2022 | Vicentina

28/11/2022 |
Roteiro Animar Turismo de Base Local – Visita a Vila do Bispo | 28 novembro 2022 |  Vicentina

 

No passado dia 28 de novembro fomos conhecer o trabalho desenvolvido pela Vicentina – Associação Para o Desenvolvimento do Sudoeste que promove o trabalho em rede e apoia a formação e capacitação de pessoas para a criação dos seus próprios negócios.

 

A Vicentina – Associação Para o Desenvolvimento do Sudoeste foi constituída legalmente em 1992 e possui por objeto social o desenvolvimento local. Sediada em Bensafrim, concelho de Lagos, estende a sua intervenção a vários Concelhos - Aljezur, Vila do Bispo, Lagos, Monchique, Portimão, Silves, Lagoa e Albufeira. Dada a extensão da área de intervenção dispõe de de Gabinetes de Apoio ao Desenvolvimento Local no concelho de Monchique e Silves a fim de potenciar a sua intervenção e promover a proximidade o apoio à população e a participação na dinâmica local. De salientar igualmente a existência de Gabinetes congéneres, da responsabilidade das respectivas Autarquias, em Aljezur e Vila do Bispo, com os quais a Vicentina articula a sua atividade.

Na visita que fizemos, a equipa da Vicentina levou-nos a conhecer o Salema Eco Camp, o Parque de Campismo da Salema que se distingue de muitos outros parques de campismo pelos seus princípios rumo à sustentabilidade.

Joaquim Lourenço, fundador e gestor do Salema Eco Camp, contou-nos um pouco sobre a sua história e do seu envolvimento neste projeto, que pelo contexto em que está inserido e pelas práticas que desenvolve é uma boa prática de sustentabilidade.

Dos 12 hectares de quinta, 4 hectares são de parque de campismo que tem vindo a ser construído a pensar no futuro, sendo o negócio direcionado para mulheres e crianças, e para que este se possa tornar num espaço para envelhecer com qualidade. Ao longo da sua partilha, Joaquim Lourenço alertou-nos para a importância da neutralidade carbónica para a sustentabilidade do nosso país e da relevância que este tema pode vir a ter, inclusivamente no setor do turismo, pois se Portugal não tiver uma política de neutralidade carbónica corre o risco de perder os seus turistas.

Decorrente do investimento de estrangeiros e da visão estratégica que existe, o Salema Eco Camp já dispõe de um plano de neutralidade carbónica, segue os princípios dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável e vai desenvolvendo estratégias para a sua sustentabilidade, de acordo com os interesses do Parque, sobretudo no que respeita à preservação de espécies autóctones, à reflorestação do espaço e ao desenvolvimento de ideias alternativas.

O Salema Eco Camp é a primeira e única Unidade Hoteleira da Região do Algarve, com o Certificado de Neutralidade de Carbono.

O Salema Eco Camp dispõe de várias opções para todo o tipo de clientes e, por isso, aceitam autocaravanistas, campistas, mas também dispõe de tendas glamping, mobile homes, apartamentos e estúdios, podendo inclusivamente ser uma opção de alojamento para estadias de longa duração.

Para além do espaço e do alojamento, o Eco Camp dispõe de um espaço de Cowork, uma loja de produtos locais de origem biológica e preço justo, uma vasta oferta de atividades, sobretudo direcionada a crianças. A sua rede de parceiros assegura também uma diversificada oferta de atividades complementares.

IMAGENS