Apoio à distância a vítimas de violência e crime - Manual para profissionais

Apoio à distância a vítimas de violência e crime - Manual para profissionais

Autores/as

Cristina Soeiro (coordenação), Ana Oliveira, Daniel Cotrim. Iris Almeida, Manuela Santos, Rita Ribeiro,Rosa Saavedra e Sónia Caridade

Sinopse

O aumento exponencial do número de casos e mortes em todo o mundo devido ao COVID 19, revelou a necessidade de ações governamentais mais rigorosas - imposição do confinamento obrigatório, distanciamento social e restrições à liberdade de movimentos. Medidas que têm obrigado as pessoas a confrontarem-se com uma série de dificuldades - falta da estrutura usual do seu dia-a-dia, perda real ou potencial de pessoas próximas, instabilidade das relações interpessoais, isolamento social, desemprego, etc - geradoras de stress e exacerbado riscos pré-existentes nos grupos mais vulneráveis.

Editora

APAV

Sobre

Desta forma, a Covid-19 tem vindo a assumir-se como um inimigo invisível que, aliando-se à incerteza que inunda o nosso quotidiano, tem gerado sérias implicações em termos psicossociais que parecem estender-se além da crise imediata, parecendo aqui a intervenção psicológica ser mais premente do que nunca. E, se enquanto indivíduos nos confrontamos com as nossas vulnerabilidades, na qualidade de profissionais, enfrentamos tarefas desafiantes, como a previsão de potenciais consequências da instabilidade ou o desenvolvimento de novos modelos de suporte… surgindo a necessidade de reconfigurar o modelo de atendimento para intervenções à distância e/ou online, que garantam o acompanhamento por profissionais na área Paradoxalmente, o uso das Tecnologias de Informação e Comunicação (TIC) que tem sido apontado como um fator de risco para o isolamento social, surge aqui como uma das únicas possibilidades que garantem o contacto com as outras pessoas de forma segura. Ainda assim, esta nova forma de atuação pode levantar algumas questões éticas pertinentes, sendo necessária a consideração de novas orientações que salvaguardem que a prossecução do exercício da profissão seja efetuada de forma eticamente viável.

2021

N.º de páginas

106

Suporte/Formato

Publicação

Um recurso da entidade

APAV - Associação Portuguesa de Apoio à Vítima
Lisboa

Classificado em

Direitos HumanosSaúde

Ficheiros: