Casa comum - Migrações e desenvolvimento em Portugal

Casa comum - Migrações e desenvolvimento em Portugal

Autores/as

Pedro Góis, Fiklipa Abecasis, Joana Alfaiate, Marta Hancok e Lettizia Lozano

Sinopse

"A presente publicação é parte integrante do projeto MIND, tendo como objetivo melhorar a compreensão sobre a relação entre o desenvolvimento sustentável e as migrações, a importância da migração na UE e nos seus Estados Membros, e a contribuição da UE na cooperação para o desenvolvimento.

Editora

Cáritas Portuguesa

Sobre

Pretende realçar uma visão positiva e aumentar o envolvimento da sociedade europeia, dos seus intervenientes e das suas instituições, incluindo autoridades governamentais, organizações da sociedade civil (OSC), setor privado, universidades, organizações de base, migrantes/ refugiados/diáspora, grupos juvenis, assim como a opinião pública em geral para abordar três “pilares” de interesse:

1) Causas na origem das migrações forçadas: identificar as razões que obrigam ou levam as pessoas a emigrar, contribuindo para uma compreensão das ligações entre migrações e desenvolvimento humano e sustentável e combatendo as causas na origem das migrações forçadas.

2) Sociedades de acolhimento: alargar caminhos seguros e legais para as migrações, promovendo encontros e contribuindo para soluções a longo prazo na construção de sociedades acolhedoras, mudar a narrativa anti migratória e combater o racismo e a xenofobia.

3) Contribuição dos migrantes para o desenvolvimento aumentar o reconhecimento das migrações como sendo crucial para o desenvolvimento e envolver os migrantes enquanto intervenientes para o desenvolvimento nos países de destino e de origem.

Neste contexto, a presente publicação tem como objetivo proporcionar uma visão acerca das condições e problemas enfrentados por migrantes – incluindo os refugiados – e os desafios do desenvolvimento e migração em Portugal. Fornece também uma análise dos fatores que facilitam ou limitam o potencial das migrações e, mais especificamente, dos migrantes para contribuir para o desenvolvimento em Portugal e nos seus países de origem, ao mesmo tempo que atingem o seu desenvolvimento humano de forma integral.

Portugal é um país dinâmico, pleno de experiências migratórias arrojadas e que proporciona um retrato que nos permite antever um futuro repleto de desafios – desafios relativos ao apoio à integração e à gestão da diversidade. A Cáritas Portuguesa pretende contribuir para fazer face a estes desafios previsíveis apresentando resultados, conclusões e recomendações na presente publicação, bem como envolver-se noutras ações dentro e para além do projeto MIND. A Cáritas tem como missão promover e cuidar do desenvolvimento humano integral, da integridade e dignidade de todos, em particular dos que são muitas vezes abandonados. A Cáritas Portuguesa pretende continuar a intervir para cumprir a sua missão juntamente com os seus principais parceiros e plataformas a que pertence, e que partilham a mesma visão de um contexto realmente solidário.

A publicação desenvolve conhecimentos, elementos e análises para responder à seguinte pergunta-guia: Como, e sob que condições, podem os migrantes contribuir para o desenvolvimento humano integral, para o seu próprio desenvolvimento e para o desenvolvimento de lugares e sociedades de origem, destino e trânsito? Simultaneamente, irá mostrar que, no contexto português, há muito que pode ser alcançado através do desenvolvimento de procedimentos. A publicação apoia o aumento do desenvolvimento do potencial das migrações, garantindo coerência política e maximizando os benefícios da imigração para os migrantes e para a sociedade em geral. A análise é baseada na literatura académica disponível, documentos programáticos, dados estatísticos, artigos jornalísticos/de media atualizados, tal como experiência acumulada. Foram organizados diferentes grupos-alvo e realizadas entrevistas com peritos em migrações, desenvolvimento social, representantes governamentais e da sociedade civil, organizações de migrantes e diáspora, assim como aos próprios migrantes. Representantes de várias instituições relacionadas com gestão das migrações e integração de migrantes foram convidados para partilhar opiniões em encontros informais e para atualizar a presente publicação com informação prática privilegiada.

De uma maneira geral, esta publicação fornece ferramentas de trabalho para os intervenientes da Cáritas, constituintes, parceiros e outros com conhecimento contextual básico, dados factuais e análise para a realização de trabalho em migrações e desenvolvimento bem como um quadro de orientação sobre objetivos, estratégias, ações práticas de sensibilização, envolvimento e ativismo, de modo a permitir uma participação ativa dos migrantes como intervenientes para o desenvolvimento e encorajar."

(in Sumário Executivo)

Data de edição

Maio, 2019

N.º de páginas

76

Suporte/Formato

Publicação

Um recurso da entidade

Cáritas - Cáritas Portuguesa
Lisboa

Classificado em

Migrações, Diversidade Cultural e Interculturalidade

Ficheiros: