Olhar para o futuro - Uma nova reflexão sobre responsabilidade social corporativa

Olhar para o futuro - Uma nova reflexão sobre responsabilidade social corporativa

Autores/as

Carlos Ramos (GRACE) e Leonor Botto (Linklaters)

Sinopse

"O GRACE, há treze anos, aceitou o repto lançado num relatório em que testemunhava que “em Portugal não há ninguém que afirme ouvir um apelo à cidadania empresarial”. De então para cá, desenvolveu uma atividade que contribuiu de um modo significativo para a mudança, patente no presente trabalho que, através da análise de uma série de estudos e da identificação de casos concretos, nos faz chegar à seguinte conclusão: neste período alterou-se, de facto, a atuação das organizações em matéria de responsabilidade social corporativa, tendo-se modificado também a visão que as mesmas têm destes temas, evoluindo de uma perspetiva puramente instrumental (objetivos de marketing ou projeção de imagem) para uma conceção mais integrada e, assim, muito mais prometedora.

Editora

GRACE

Sobre

Agora, chegou o momento de refletir sobre o passado para projetar o futuro: “Olhar para o futuro - Uma nova reflexão sobre responsabilidade social corporativa”, é o título do estudo. Um projeto ambicioso, com o intuito de alcançar uma visão abrangente: esta é uma das suas características mais salientes, a capacidade de integrar múltiplos aspetos de modo a obter uma abordagem holística ao tema da responsabilidade social corporativa, que possa servir de “guia de navegação” aos que queiram avançar por estes mares, na prática ainda pouco conhecidos. Para isso analisaram-se estudos de grande valor sobre distintas áreas da responsabilidade social corporativa, ressaltando o que de mais significativo se encontrou em cada um, e procuraram-se exemplos de organizações a operar em Portugal, que pudessem servir de inspiração para todos os que pretendem chegar mais longe na resposta ao desafio da responsabilidade social corporativa.

A apresentação de casos reais, tendo como objetivo a disseminação de boas práticas, é um método que já tem dado boas provas a quem procura enraizar os valores no quotidiano das organizações.

Neste estudo perpassa também a visão humanista, tão cara à AESE: desde a ancoragem da estratégia de sustentabilidade no compromisso pessoal dos dirigentes, à integração de todos os pilares da responsabilidade social corporativa na centralidade da pessoa, como destinatário das ações desenvolvidas e como sua origem última."

(in Prefácio)

2013

N.º de páginas

104

Suporte/Formato

Publicação

Um recurso da entidade

GRACE - GRACE – Empresas Responsáveis
Lisboa

Classificado em

Responsabilidade Social

Ficheiros: