Políticas Urbanas, atividades de serviços e atração de não residentes

Políticas Urbanas, atividades de serviços e atração de não residentes

Autores/as

EY-AM&A | Paulo Madruga (coordenação), Ana Cristina da Silva e João Mota (consultores)

Sinopse

Compreender em que medida a especialização dos territórios em determinadas categorias de serviços está relacionado com o respetivo nível de atratividade de não residentes é o objetivo central da presente desta reflexão.

Editora

CCP – Confederação do Comércio e Serviços de Portugal e Fórum dos Serviços

Sobre

Esta temática assume especial pertinência num contexto da perda de efetivos populacionais, justificado pelo saldo natural e migratório negativos que se vivenciou nos últimos anos em Portugal Continental e também do reconhecimento da complexidade inerente à explicação e compreensão da atratividade.

O estudo assenta na realidade dos 278 concelhos de Portugal Continental, priorizando-se a desagregação concelhia, o que implicou um conjunto de dificuldades de obtenção de dados, adensada pela opção metodológica de cruzamento deste nível territorial com uma também maior desagregação setorial.

(In Introdução)

Data de edição

Agosto, 2018

N.º de páginas

112

Suporte/Formato

Publicação

Um recurso da entidade

CCP - CCP - Confederação do Comércio e Serviços de Portugal
Lisboa

Classificado em

Ordenamento do Território