Repor o rural no mapa: a comunicação como processo para a sustentabilidade em meio rural

Repor o rural no mapa: a comunicação como processo para a sustentabilidade em meio rural

Autores/as

João Afonso Correia e Elisabete Figueiredo

Sinopse

Os pequenos aglomerados rurais, essencialmente os localizados nas áreas montanhosas do interior português continuam fora da agenda política nacional aparentemente com poucas oportunidades de subsistência num mundo globalizado.

Editora

Edição dos autores

Sobre

Em Portugal, como bem demonstrou um estudo recente de Oliveira Baptista (2006), mais de metade do território continental pode ser considerado como rural de baixa densidade.

A aposta política actual para as áreas rurais mais ‘remotas’ consiste no reforço da sua capacidade de auto-sustentação, na construção e fortalecimento das competências locais, no apoio a iniciativas de base comunitária e ainda no estabelecimento de redes de cooperação. Neste contexto, as estratégias de comunicação podem constituir um importante instrumento de desenvolvimento local, contribuindo para ’repor o rural profundo no mapa’.

Este trabalho pretende ser uma reflexão acerca destas questões, com base os dados recolhidos junto dos Presidentes de Junta de Freguesia e dos técnicos e responsáveis pelos projectos ‘Criar Raízes’ e ‘Cooperativa Mais Além’, com intervenção em aldeias das Serras da Freita e Arada (Rede Natura 2000). Defende-se que uma intervenção de proximidade, pela mediação/animação social e com recurso à investigação acção, articuladas com estratégias de comunicação externa, poderão ser uma resposta eficaz para o difícil envolvimento da população em acções de desenvolvimento sustentável.

Data de edição

Outubro, 2008

N.º de páginas

20

Suporte/Formato

Publicação

Um recurso da entidade

Colóquio Ibérico de Estudos Rurais - Colóquio Ibérico de Estudos Rurais - Cultura, Inivação e Território
Lisboa

Classificado em

Desenvolvimento RuralComunicação, Informação e Media